A IMPORTÂNCIA DA ÁGUA NO PÓS-OPERATÓRIO

0
110

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Simples e eficaz, a água é uma substância essencial ao corpo humano, para nossa sobrevivência, para manter a temperatura corpórea, para a saúde da pele, na eliminação de toxinas, entre outros benefícios. Mas você sabia que ela também pode ser um detalhe muito importante na recuperação de uma cirurgia plástica?

Isso mesmo! O pós-cirúrgico da cirurgia plástica é um momento que demanda muita atenção da paciente visando uma melhor recuperação e cicatrização. Entre as recomendações mais acessíveis está o consumo de água devido aos seus inúmeros benefícios para a saúde do organismo. 

➜ A importância da água em procedimentos cirúrgicos: 

Após cirurgias plásticas ou tratamentos estéticos, é normal que o cirurgião plástico peça que a paciente mantenha uma série de cuidados para que o resultado do procedimento seja favorável. Entre eles está um método muito simples, eficaz e econômico: beber água.

A água tem o poder de agir de dentro para fora do organismo, eliminando todas as impurezas do corpo e melhorando as possibilidades de uma cicatrização mais rápida e auxiliando na formação de novos tecidos na pele. A ingestão frequente de água também ajuda a promover a hidratação da pele de dentro para fora, auxiliando a manutenção de uma boa elasticidade cutânea. Em casos de cirurgias de Lipoaspiração, a água é um dos mais importantes aliados na boa recuperação pós-operatória, pois não só auxilia no desinchar mais rápido das áreas lipoaspiradas, como também diminui a dor e ajuda a evitar complicações como trombose.

Em casos de tratamentos estéticos no corpo que não envolvam necessariamente uma cirurgia, a água auxilia na digestão, circulação sanguínea e eliminação de gorduras.

➜ Benefícios que a água pode oferecer ao organismo:

A água é o elemento central para a manutenção das reações enzimáticas do organismo e também um funcionamento metabólico adequado. Após a cirurgia plástica, o consumo adequado de água vai ajudar a prevenir problemas tromboembólicos, que poderiam gerar complicações e também comprometer os resultados do procedimento. 

Além disso, entre seus benefícios no pós-cirúrgico, destacamos a melhora do funcionamento dos rins, o que ajuda na eliminação de metabólitos tóxicos que estejam presentes no corpo. A água aumenta também o bem-estar da paciente no período de recuperação, além de auxiliar para um processo de cicatrização mais rápido. 

➜ Como deve ser o consumo de água? 

É  importante que o consumo de água seja adequado, não sendo nem a menos ou a mais do que o recomendado, pois a quantidade correta evita a desidratação ao mesmo tempo em que não intensifica um efeito diurético, ou seja, uma vontade anormal de urinar. 

Apesar de a recomendação genérica ser de 2 litros de água por dia, o cálculo pode ser mais específico considerando o peso de cada indivíduo. Deve-se multiplicar 35ml de água pelo peso corporal. 

Dessa forma, uma pessoa com 50 kg deve consumir 1,75 litros de água por dia, enquanto uma pessoa de 80 kg deve ingerir 2,8 litros. 

Outras opções que podem ser ingeridas no pós-cirúrgico incluem o consumo de chá mate e bebidas isotônicas que vão manter a hidratação e a desintoxicação almejadas. Já algumas bebidas podem atrapalhar em vez de contribuir com o processo de recuperação e cicatrização, entre elas as bebidas alcoólicas, gaseificadas, como os refrigerantes e energéticos, ou que contenham muito açúcar, como os sucos artificiais.



Fonte