Bebê e menino com paralisia cerebral ‘estreiam’ em Olinda e mostram que folia é para todos | Carnaval 2020 em Pernambuco

    0
    135

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    No carnaval de Olinda, não há limite de idade para se divertir. Também é possível brincar com a família, superar barreiras e mostrar que a festa é para todos e pode ser sinônimo de inclusão. Neste domingo (23), Eva, de 8 meses, e Thiago Daniel, de 7 anos, que tem paralisia cerebral, “estrearam” nas ladeiras.

    Para a funcionária pública Tamara Resende e o químico Richard Barreto, o domingo de carnaval foi uma data especial. A filha, Eva, foi pela primeira vez acompanhar a folia, no Alto da Sé. Animados, os pais disseram que a participação na festa teve que ser modificada.

    Richard definiu bem como foi brincar com um bebê: “Uma aventura. A logística mudou completamente. Não deu pra ir pro Galo (da Madrugada), por exemplo”, disse o pai.

    Já a mãe falou sobre o lado bom: “Tem as descobertas, as cores que mostramos para ela. Mesmo sem poder beber, por causa da amamentação, vale a pena demais”, declarou.

    Thiago Daniel, de 7 anos, foi com a mãe para brincar nas ladeiras de Olinda, neste domingo (23) — Foto: Rafael Souza/G1

    Thiago Daniel, de 7 anos, foi com a mãe para brincar nas ladeiras de Olinda, neste domingo (23) — Foto: Rafael Souza/G1

    O domingo também foi de estreia para Thiago Daniel, de 7 anos. De acordo com a mãe dele, Rockchane Silva, o garoto nasceu com paralisia cerebral.

    “Estou muito feliz, só queria ter chegado mais cedo para aproveitar mais”, diz a mãe ao lado da criança, que estava com cabelo todo colorido.

    CARNAVAL 2020 NO RECIFE E EM OLINDA



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda