Cirurgia plástica nas pálpebras é uma das táticas para rejuvenescer o olhar

0
71

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Também conhecido como blefaroplastia, o procedimento tem como objetivo tratar o excesso de flacidez na região dos olhos

 

Sem dúvida nenhuma, os olhos são uma região de imenso destaque em nosso rosto (ainda mais em tempos de pandemia e uso obrigatório de máscaras). Um olhar cansado ou caído pode mudar completamente nossa fisionomia, trazendo um aspecto envelhecido. A blefaroplastia é responsável por trazer aquele “up” para a região. 
 

Descubra tudo sobre a cirurgia no texto abaixo, aproveite e saiba como prevenir rugas neste meu outro artigo.

 

Indicações 

 

Este procedimento é indicado para quem já sente os efeitos negativos das pálpebras caídas. Flacidez excessiva na parte superior ou inferior, dificuldades com a maquiagem ou durante os exercícios físicos, excesso de suor entrando nos olhos. Ou ainda, nos casos mais extremos, quando há perda do campo de visão por conta da pele “dobrar-se” em cima dos olhos. 

 

Muitas pessoas também se perguntam se há uma idade mínima ou ideal para a cirurgia, a resposta é: não! O procedimento pode ser feito em qualquer pessoa, desde que se tenha a indicação. 

 

Benefícios

 

Entre as melhorias trazidas pela cirurgia de pálpebras, podemos citar a diminuição do aspecto “inchado” na parte superior dos olhos, remoção de bolsas de gordura. E, claro, a volta do contorno sútil, mas definido, das pálpebras. 
 
Vale lembrar que a autoestima também costuma ganhar com o procedimento, ele traz todo um visual mais jovem para o paciente.  


 Pré-operatório


Toda cirurgia exige, primeiramente, a checagem do estado de saúde do paciente. Por isso, é necessário realizar exames de sangue, cardíaco entre outros mais específicos para cada paciente. Avise seu cirurgião também sobre o uso de medicamentos contínuos, como o anticoncepcional, entre outros.
 

 

Em seguida, o médico cirurgião, em consulta presencial, irá entender se a cirurgia de pálpebras será suficiente para você. Ou se será preciso associar o procedimento ao Botox, ou ainda, investir em um lifting facial. 

 

Com essas questões analisadas, é hora de partir para o preparo! Lembre-se de seguir todas as recomendações de seu médico, algumas delas (as mais gerais) você encontra logo abaixo. 

 

  • Converse com seu médico caso fique gripado, resfriado ou tenha alguma irritação nos olhos na véspera da operação; 
  • Não use nenhum tipo de maquiagem no dia do procedimento; 
  • Respeite o jejum solicitado pelo médico; 
  • Leve seus óculos de sol; 

 

Anestesia

 

O tipo de anestesia usada pode ser local ou por sedação, se for da preferência do paciente e não houver contraindicação médica, ela pode ser geral. 

 

Procedimento

 

A cirurgia das pálpebras dura de 40 minutos a 1 hora, sendo assim, é uma cirurgia breve. Para realizar o procedimento, o cirurgião marca na pele (com uma caneta especial) a área para as incisões.  

A partir destas marcações, inicia-se a remoção do excesso de gordura ou pele e, se necessário, parte dos músculos. Por fim, podemos utilizar pontos absorvíveis sobre as suturas. 

 

Pós-operatório 

 

A cirurgia plástica de pálpebras não gera um pós-operatório doloroso, no dia seguinte ao tratamento é comum sentir um ardor na região, o que pode ser aliviado com medicação analgésica, sempre prescrita pelo médico.  

 

É recomendado também passar por sessões de drenagem linfática, o que diminui os inchaços e remodela as cicatrizes. As compressas geladas de soro fisiológico são recomendadas durante os primeiros dias, devem ser aplicadas com algodão ou gaze por 20 minutos, podendo repetir o processo várias vezes ao dia. 

A alimentação não costuma sofrer alterações. Para dormir, é importante elevar um pouco o travesseiro. O repouso dura por volta de 3 dias. Use seus óculos escuros e nunca coce a região operada! 

 

Cicatrizes

 

As cicatrizes da blefaroplastia superior, por exemplo, ficam posicionadas no sulco palpebral, aquela “dobrinha” da pálpebra superior. Quando intervimos na pálpebra inferior, ela fica próxima a borda ciliar (linha dos cílios). 

 

A pele da região, por não ser tão espessa, geralmente traz uma cicatrização fina e bem disfarçada. O resultado final vem ao longo de 3 meses. 

 

Blefaroplastia sem cortes 

 

Recentemente temos ouvido falar sobre a “blefaroplastia sem cortes”, um tratamento minimamente invasivo em que se realiza pequenas cauterizações na pele, procedimento também conhecido como “jato de plasma”, que é capaz de retrair levemente a pele dos olhos. 

 

Sobre este tratamento, precisamos evidenciar que não se trata de uma blefaroplastia! Os resultados são leves e, se o paciente tiver a indicação para a cirurgia, este tratamento não surtirá o efeito esperado!  O jato de plasma, é também contra indicado para pessoas não-brancas.  

 

Resultado final

 

Com uma semana, já podemos notar algumas mudanças. O resultado final pode ser visto com 1 mês de recuperação. Mesmo assim, o período pode se prolongar a depender da regressão do inchaço, que varia de paciente para paciente. As cicatrizes estarão totalmente disfarçadas por volta dos 3 meses.   
 
 
Lembre-se, antes de realizar qualquer procedimento estético conheça bem o médico em quem confiará a sua saúde. Saiba mais neste artigo Cirurgia plástica é coisa séria.



Fonte