Como fazer uma pizza para torná-la mais saudável?

0
16

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

A tapioca é um amido, um tipo de sêmola que se faz a partir da moagem dos tubérculos da mandioca, planta muito resistente ao calor e à seca e, portanto, muito utilizada nas regiões tropicais do mundo – conta-se que a mandioca é cultivada em cerca de 80 países e é o principal componente da dieta de mais de 800 milhões de pessoas no mundo.

A parte mais consumida da mandioca é o tubérculo, que pode ser consumido inteiro, mas também triturado na  farinha ou ralada. É importante ressaltar que a mandioca, assim como a tapioca feita a partir dela, são isentas de glúten, de grãos e de nozes, para que possam ser utilizadas com segurança por pessoas com alergia alimentar.

Tapioca: propriedades para a saúde

1. Conteúdo de nutrientes

A tapioca é uma fonte de vitamina C, tiamina (vitamina B1), riboflavina (vitamina B2) e niacina (vitamina B3). O produto também contém cálcio, ferro, fósforo e potássio, mas em menor quantidade do que, por exemplo, batata ou  beterraba.

De acordo com dados do Banco de Dados Nacional de Nutrientes do USDA para Referência Padrão, a tapioca também contém muito pouca fibra (0,19g em 100g), mas muitos carboidratos (88,69g em 100g).

2. Valor calórico da tapioca

A tapioca é um produto de alto valor calórico – 100g de tapioca seca contém 358 kcal. Por isso é tão valorizado nos países em desenvolvimento, onde é uma fonte valiosa de alimento, mas vale lembrar que o consumo regular de alimentos altamente calóricos está associado ao ganho de peso e maior risco de obesidade.

Porém, vale acrescentar que a tapioca é de fácil digestão, podendo ser consumida por pessoas com problemas de estômago, crianças e idosos.

3. Fonte de amido resistente

A tapioca é uma fonte de amido resistente, um tipo de carboidrato resistente à ação das enzimas digestivas, com propriedades semelhantes às da fibra solúvel – entra no intestino grosso inalterado e é um meio para bactérias intestinais amigáveis. Como resultado, ajuda a combater a inflamação e oferece suporte à saúde digestiva.

Também foi estudado que o amido resistente pode ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue e aumentar a saciedade e reduzir o desejo de comer algo.

Vale acrescentar, porém, que a tapioca – como produto do processamento da mandioca – tem menos dessas propriedades benéficas do que a própria mandioca.

4. Tapioca como produto para quem sofre de alergias

Como mencionado acima, a mandioca da qual a tapioca é feita é uma planta sem glúten e sem grãos, então a própria tapioca pode ser consumida com segurança por pessoas com alergia alimentar, como alergia ao glúten ou doença celíaca. Certamente não causará alergias.

Tapioca

A tapioca, originalmente na forma de sêmolas ou bolas, incha e fica transparente após o cozimento. É por isso que é utilizado como espessante para sopas e molhos.

Muitas vezes, também é um complemento de pratos de farinha doce: panquecas, pudim, suflês, etc. A tapioca provavelmente também é conhecida pelos amantes da cultura coreana e do chá de bolha – esses chás coloridos têm bolas flutuando neles, que nada mais são do que tapioca.

Como fazer tapioca?

A tapioca é colocada em água fervente na proporção de 2-3 colheres de sopa para um copo de água. Em seguida, reduza o fogo ao fogo baixo e cozinhe a tapioca por cerca de 10-15 minutos, mexendo de vez em quando – até que as bolas fiquem quase transparentes. A tapioca deve ser sempre fervida antes do consumo.

Onde comprar tapioca?

A tapioca não está amplamente disponível nas mercearias comuns (embora aconteça que a possa encontrar lá), mas nas orgânicas a sua compra não deve ser um problema, como nas lojas online.



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda