Conheça o procedimento estético do momento por Dr. Dalvo Neto

0
56

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Academia, exercícios, dietas, cirurgias… A busca pelo corpo perfeito não é uma tarefa fácil. De acordo com o desejo da pessoa e a condição do seu organismo, atitudes drásticas ou mais simplificadas podem ser tomadas. O fato é que independente do gênero, idade e classe social, a vontade de mudar algo no corpo é muito comum nos brasileiros. Agora, uma técnica que está sendo amplamente utilizada por médicos e pacientes para permitir este objetivo é a Lipoaspiração HD. Segundo o cirurgião plástico Dr. Dalvo Neto, “a lipoaspiração de alta definição tem como objetivo não só reduzir o volume de gordura do paciente mantendo os contornos naturais, como na ‘lipo convencional’, mas, também esculpir o corpo da paciente proporcionando um resultado semelhante ao obtido com a musculação”.

No entanto, ainda existem algumas dúvidas da população geral sobre essa técnica cirúrgica. Dr. Dalvo explica que “trata-se de um procedimento invasivo sim, na verdade é uma lipoaspiração mais detalhada do que a lipoaspiração convencional. Eu sempre tento exemplificar as minhas pacientes da seguinte maneira; no procedimento tradicional se utiliza 3-4 cânulas. Na Lipo 3D, HD ou LAD utilizamos entre 10-12 cânulas, pode-se fazer uso do sistema VASER (sistema lipoaspiração com assistência ultrassom) mas não é obrigatório a utilização do sistema”.

Continua depois da publicidade

Não foi possível carregar anúncio

Além disso, é preciso levar alguns detalhes em consideração durante o pré e o pós-operatório, ressalta o renomado médico de Fortaleza (CE):  “Um dos cuidados maiores da Lipo 3D são os cuidados pós-operatórios. Na Lipo convencional, os cirurgiões têm uma conduta mais permissiva no sentido de tolerarem o edema, retenção/acúmulo de líquidos pós lipoaspiração. Na lipo 3D a tendência é um pós mais ativo, por isso é fundamental evitar o acúmulo de líquidos, pois pode propiciar a formação de fibroses inestéticas. E tende a deixar orifícios de introdução das cânulas abertos ou utilizar drenos de aspiração. Mas antes de tudo isso, é importante no pré operatório que o paciente possa saber todos os detalhes do procedimento, além de colher as informações sobre a dieta, atividade física, etc”.

Sobre as contraindicações, o médico é taxativo: “Elas são mais relativas aos problemas de saúde inerentes ao paciente e problemas diversos”. Para realizar esta cirurgia, Dr. Dalvo ressalta que “as pessoas candidatas devem ter o peso adequado (IMC 25 ou menos) ou uma qualidade/volume muscular importante. Um dos fatores que acho mais limitante da cirurgia seria o excedente cutâneo (pele sobrando) ou flacidez cutânea que podem trazer resultados menos graciosos e deixando a desejar aos olhos do público geral”, completa.

No entanto, o médico alerta para alguns detalhes que jamais devem ser ignorados pelos pacientes: “Eles têm sempre que imaginar que a cirurgia plástica não e uma ‘mudança pontual e radical da estrutura corporal’. Para um resultado eficaz e duradouro é imprescindível a ajuda da pessoa que faz o procedimento. Com dieta, atividade física, hidratação, uso de cintas. É muito difícil que uma paciente que nunca fez dieta regular, atividade física e cuidados com o corpo no geral possa por uma cirurgia mudar toda a sua estrutura corporal e o pior se manter por muito tempo com essa mudança”, completa o médico.

Dr. Dalvo Neto (Foto: Divulgação)

Conteúdo produzido e enviado por MF Assessoria



Fonte