Deixe o seu peito livre pra cair – 20/10/2020

0
14

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Vou começar essa coluna com um dado: segundo uma pesquisa de 2019 da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética, o Brasil é o país onde mais se faz cirurgias plásticas NO MUNDO. Entre quase 200 países, nosso Brasilzão é campeão em miséria e cirurgia plástica. Puxa, que honra!

Os procedimentos best sellers são, sem surpresa nenhuma, o silicone e a lipo. E foi por causa do silicone que eu fiquei a fim de escrever esse texto. É uma coisa que não entra na minha cabeça! Por que diabos a gente acha que precisa ter o peito empinado? Se os nossos seios inevitavelmente caem ao longo da vida, por que tanta mulher entra na faca pra lutar contra o movimento natural do corpo?

Sim, eu sei, fomos ensinadas assim desde sempre e bla bla bla, mas vamos, nem que seja por alguns minutos, assumir um pouco dessa culpa? Somos vítimas da pressão estética desde pequenas, mas eu realmente queria que a gente saísse um pouco desse lugar pra questionar como o Brasil está há tanto tempo no pódio das cirurgias plásticas. O que nós mulheres podemos fazer pra mudar um pouco essa realidade?

Elogiar o corpo da sua amiga, seja ele magro ou gordo. Ensinar a sua filha que, apesar de os peitos serem a primeira coisa que o mundo usa para sexualizar uma menina, ela não precisa ter vergonha deles. Questionar cada médico que te propõe uma cirurgia invasiva como solução milagrosa para autoestima. Conversar com outras mulheres sobre o que elas sentem em relação aos seus corpos, assim você entenderá que não está sozinha. Se olhar no espelho pelada e conhecer cada centímetro dessa carcaça que te mantém em pé e funcionando desde que você nasceu. Exigir da mídia e das marcas que representem todas nós nas capas das revistas e nas campanhas publicitárias. Pensar sobre onde poderíamos gastar a energia que hoje usamos pra odiar quem somos. Refletir sobre a quem interessa que a gente passe a vida inteira buscando um corpo ideal que não existe.

Esse corpo é para você ou pra eles? Se não houvesse referências externas de como ele precisa ser, você se incomodaria com o peito caído ou a gordura na barriga? Como você saberia que peito caído é errado e peito pra cima é certo se não tivessem enfiado isso na sua cabeça? Se o natural do corpo é que o peito caia, como isso pode ser errado? Como o certo pode ser enfiar dentro de você um material sintético que tem data de validade?

Tá nas nossas mãos mudar essas estatísticas. Nós mulheres, como sempre, vamos ter que resolver essa treta. Se não nós, quem? Meu texto é um convite: deixa esse peito livre para cair, ele é perfeito.



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda