Entenda os impactos da saúde bucal na luta contra o COVID-19

0
54

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

 

Já parou para pensar qual é a importância da boca em nossas vidas?

Se você parou para pensar, deve ter percebido que ela possui um papel muito importante. Ela está presente em grandes momentos de nossa vida, por exemplo, a nossa primeira conexão com o mundo após o nascimento, é por meio da amamentação.

Após isso, temos a primeira papinha, a primeira mordida e o primeiro beijo. Ela está relacionada a diversas áreas da nossa vida, seja a família, a saúde ou a vida amorosa.

Além disso, ela está relacionada a outras partes do nosso corpo. Por isso, é extremamente importante ter uma saúde bucal saudável, principalmente em momentos de crise sanitária, como estamos vivendo.

Desde março de 2020, a pandemia do Coronavírus têm assustado muito as pessoas do mundo inteiro. Enquanto acontece a corrida para encontrar a vacina contra esse vírus terrível que já matou tantas pessoas, médicos  e especialistas seguem no combate contra esse vírus.

Mas, como fazer isso? E como a saúde bucal pode impactar no contágio?

Veja agora.

A relação da saúde bucal com outras partes do corpo

Você sabia que uma dor de cabeça pode estar totalmente relacionada com problemas na dentição ou na mandíbula? Ou que dores de ouvido, podem ser ocasionados por problemas de mordida cruzada ou por uma disfunção na articulação da mandíbula?

Muitas pessoas não sabem disso, por isso, ao sentir essas dores tendem a procurar outros especialistas ao invés de um Dentista.

E isso é perfeitamente, já que os sintomas realmente aparentam ter outras causas. O mesmo acontece quando possuímos algum problema em outra parte do corpo, e isso é refletido em uma complicação na dentição.

Por exemplo, o bruxismo, é uma doença que não possui cura, geralmente causada por estresse e ansiedade. Seus sintomas são o ranger excessivo dos dentes que acabam causando dores de cabeça ou dores de ouvido.

E que pode ser minimizado com tratamentos dentários, como a utilização de uma placa dental de silicone ou o uso de um aparelho dental transparente.

No entanto, quando esse tipo de problema é negligenciado, pode se agravar, causar um desgastes nos dentes, podendo ser necessário fazer implantes dentários.

Sabemos que ter um sorriso esteticamente bonito é extremamente importante para a nossa autoestima. E quando é colocado em risco, pode nos deixar para baixo e até nos fazer sorrir menos.

Consegue perceber o ciclo e a relação da saúde bucal com as outras partes do corpo?

Um problema causado pelo desequilíbrio da saúde mental afeta a saúde bucal, que afeta a autoestima.

Mas todo esse problema pode ser evitado com tratamentos corretos e com algumas dicas, que vamos apresentar adiante.

Contágio de doenças

Além da relação com outras partes do corpo, a boca é responsável pela contaminação de muitas doenças, inclusive a do Covid-19.

Não é de hoje que devemos nos atentar ao contágio de doenças. A boca pode transmitir um vírus por meio de um beijo, de uma conversa e até por meio de uma tosse ou espirro.

Acontece, que essas doenças podem se proliferar em nossa boca, e ao realizarmos qualquer das ações acima, podemos transmitir doenças ou ser contagiadas pela saliva.

Existem doenças perigosas que por falta de cuidado e até mesmo higienização, podem afetar outras áreas do corpo.

Quando conversamos, tossimos ou espirramos, sem perceber, emitimos algumas gotículas de saliva pelo ar, que podem atingir outra pessoa.

Por meio da boca, é possível ser contaminada por doenças simples e gravíssimas como, caxumba, candidíase, herpes simples, catapora, gripe e entre outros.

Como lutar contra a contaminação do Covid-19?

Uso de máscaras e o distanciamento social

A maior preocupação quando o assunto é o Coronavírus, é que o vírus invade o organismo da pessoa e se aloja nas vias respiratórias (boca, garganta e pulmões).

Por esse motivo, as gotículas que emitimos ao falar, tossir ou espirrar, são altamente contagiosas. Acontece, que a saliva é um lugar propício para o vírus se proliferar.

Por isso, a higienização bucal torna-se importante, pois permite uma alta imunidade no corpo, diminuindo os riscos.

Além disso, o distanciamento social  e uso de máscaras em lugares com maior número de pessoas, faz com que evite o contágio por meio dessas gotículas de saliva.

Alimentação Saudável

A pandemia trouxe muitas notícias ruins, no entanto, fez com que a população mundial olhasse para a alimentação com outros olhos. E uma dúvida em comum surgiu, o que comer durante esse período?

Não existe um alimento que vá te dar uma imunização 100% contra o vírus , mas, existem alimentos que podem contribuir de forma considerável.

Ter uma alimentação equilibrada, fará com você tenha um corpo sadio e não precise ir ao médico por outros problemas.

Por isso, é recomendado que procure comer alimentos ricos em nutrientes e evite comer alimentos ricos em açúcares e amido. Pois eles propiciam o acúmulo de bactérias nos dentes, que são responsáveis por causar as cáries e gengivite.

Se atente aos seus hábitos alimentares. Sabemos que reeducar a nossa alimentação pode ser uma tarefa difícil, mas não é impossível.

Higienização bucal

Como já falamos anteriormente, uma boa higienização bucal faz com que aumente a nossa imunidade. E sabemos, que para um momento tão delicado como esse, é extremamente importante.

A higienização é fundamental para manter sua saúde bucal em ordem e extremamente importante para que não haja a necessidade de fazer procedimentos  dentários, como implante dentário, nesse período tão delicado.

Para uma boa higienização, é recomendado por especialistas que utilize escovas de dente com cerdas macias, e de preferência escovas menores, para que seja possível alcançar lugares onde costuma acumular restos de alimentos.

Visitas ao dentista

Sabemos que especialistas recomendam que faça uma visita regular ao dentista, dada a situação, está contraindicado.

A visita ao dentista deve acontecer apenas em situações emergentes, como: infecções que possa comprometer a respiração, sangramento excessivo ou traumas na parte óssea.

No entanto, os outros tratamentos, como clareamento dental por moldeira ou clareamento consultório, aparelhos dentários, implantes, entre outros, foram interrompidos.

Caso você deseja fazer quaisquer desses tratamentos, é indicado que aguarde e siga as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Caso dúvidas específicas ou dores que não sejam urgentes, você deve procurar por clínicas que ofereçam teleconsultas.

Para que reduza o número de infectados é extremamente importante que você respeite as indicações da Saúde e  saia de casa apenas se for necessário.

Se possível, fique em Casa e cuide da sua saúde bucal!

Conteúdo produzido por Ana Laura Ferreira, redatora da Vue Odonto.



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 11/09/2020




Fonte