Festival de pipas reúne centenas de jovens no litoral de SP: ‘Esqueça esse papo de coronavírus’ | Santos e Região

    0
    87

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    Um campeonato de pipas reuniu centenas de jovens em uma comunidade de Guarujá, no litoral de São Paulo, ignorando as recomendações de isolamento social em meio à pandemia de Covid-19. Um vídeo mostra participantes e público sem máscaras durante o evento.

    Segundo testemunhas ouvidas pelo G1, o torneio teria começado por volta das 10h deste domingo (24) e seguido até às 17h, com aproximadamente 150 pessoas reunidas. Os participantes bebiam e ouviam música alta no meio da Avenida Raphael Vitiello, no bairro Vila Zilda, sem preocupação com as recomendações de isolamento social, distanciamento pessoal ou uso de máscaras para evitar o contágio pelo novo coronavírus.

    Evento teria começado às 10h e seguido até às 17h em Guarujá — Foto: Reprodução/Plantão Guarujá

    “É uma falta de responsabilidade, várias pessoas juntas sem máscaras desse jeito, em meio à pandemia”, disse um morador que preferiu não se identificar. “Os casos em Guarujá só aumentam. Além do torneio, vários irresponsáveis de moto estavam empinando, fazendo manobras arriscadas”, relatou.

    Ainda de acordo com o morador, o evento seria realizado todos os sábados e domingos, com convites espalhados pelas redes sociais, convocando os participantes. Um desses convites, de um torneio que teria sido realizado no Dia das Mães, pede para que os participantes esqueçam “esse papo de coronavírus”.

    ‘Festival de pipa’ pede para participantes esquecerem ‘esse tal de coronavírus — Foto: Reprodução

    Em nota, a assessoria da Polícia Militar informou que não localizou acionamento das equipes para o ocorrido no endereço indicado. A PM afirma, ainda, que neste período de pandemia vem realizando trabalho de conscientização junto à população, por meio de áudios transmitidos pelas viaturas policiais.

    A corporação também afirma realizar abordagens educativas, nas quais as pessoas também são orientadas sobre os riscos da exposição e as medidas de segurança a serem adotadas contra o novo coronavírus.

    Também em nota, a Prefeitura de Guarujá afirma que lamenta a atitude desses jovens, pois estão colocando em risco suas próprias vidas e de outras pessoas em suas casas, e reafirma a importância do isolamento e distanciamento social no processo de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

    A Secretaria de Defesa e Convivência Social (Sedecon) destaca, ainda, que a prática contraria o Decreto Municipal n° 13.564, de 18 de março de 2020. As diretrizes praticadas pela administração se baseiam nos princípios de conscientização e orientação ao cidadão.

    A pasta também orienta que os munícipes denunciem práticas que vão contra as medidas que precisam ser tomadas para conter a pandemia na cidade. O telefone 153, da Guarda Civil Municipal (GCM), está à disposição para atender às queixas e destinar uma equipe aos locais reclamados. Caso tais situações persistam, o município precisará endurecer as medidas restritivas de isolamento social.



    Fonte