Jovem morre e amigos ficam feridos após serem alvos de motoqueiro em adega de SP | Santos e Região

    0
    96

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    A Polícia Civil em Praia Grande, no litoral de São Paulo, tenta identificar dois ‘motoqueiros misteriosos’ que atiraram contra um trio de jovens que estava em uma adega da cidade. Uma das vítimas não resistiu aos disparos. As informações foram confirmadas ao G1 nesta quinta-feira (12). Ainda não se sabe a motivação do crime.

    Os disparos ocorreram durante a madrugada em uma adega localizada entre as ruas Itiberê da Cunha e Paulo Setubal, no Jardim Trevo. Conforme registrado no boletim de ocorrência, as vítimas estavam sentadas todas juntas e ingeriam bebida alcoólica, quando, por volta das 4h30, uma motocicleta de cor vermelha, passou bem devagar pelo local.

    Segundo os jovens, havia dois homens na moto, ambos com capacetes pretos. Os suspeitos passaram olhando o grupo, que, por acreditar que a dupla se tratava de moradores do bairro, não deu muita importância e permaneceu na adega.

    Conforme uma das vítimas relatou à polícia, em seguida, os suspeitos foram até a esquina da rua em que está localizada a adega, e voltaram bem devagar. Ao chegarem na frente do estabelecimento, o homem que estava na garupa efetuou diversos disparos em direção aos jovens.

    Crime ocorreu enquanto jovens bebiam em frente a uma adega em Praia Grande, SP — Foto: G1 Santos

    Crime ocorreu enquanto jovens bebiam em frente a uma adega em Praia Grande, SP — Foto: G1 Santos

    Após os disparos, os criminosos fugiram do local. A Polícia Militar foi acionada e todas as vítimas foram socorridas ao Hospital Irmão Dulce. Wanderson Alves Nunes Rocha, de 28 anos, não sobreviveu. Já o colega, de 28 anos, foi alvejado na região da perna, atendido, e, posteriormente, liberado.

    A terceira vítima, de 21 anos, foi alvejada com dois tiros. Um dos disparos o feriu na região dos glúteos e outro na coxa, do lado esquerdo. O rapaz segue internado, já que será submetido a procedimento cirúrgico.

    “Além desses três jovens, não temos informação sobre a presença de outras pessoas no local. Não há câmeras de monitoramento. A investigação verificará a existência de outras câmeras nas imediações que possam ter imagens que auxiliem no esclarecimento. Também não temos informação se as vítimas possuem algum envolvimento com qualquer espécie de crime. Essa é outra questão que será analisada no curso da investigação”, relata o delegado Sérgio Lemos Nassur.

    As cápsulas da arma de fogo foram recolhidas pela perícia. Além disso, foram solicitados exames periciais ao Instituto de Criminalística (IC) e ao Instituto Médico Legal (IML). O caso foi registrado como homicídio simples na Delegacia Sede de Praia Grande e seguirá sob a investigação da Polícia Civil. Ainda não há informações sobre a autoria do crime.

    Caso foi registrado na Delegacia Sede de Praia Grande como homicídio simples — Foto: João Paulo de Castro/G1Caso foi registrado na Delegacia Sede de Praia Grande como homicídio simples — Foto: João Paulo de Castro/G1

    Caso foi registrado na Delegacia Sede de Praia Grande como homicídio simples — Foto: João Paulo de Castro/G1



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda