Linn da Quebrada celebra silicone nos seios

0
21

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Após cirurgia plástica, a cantora reflete sobre a relação com o corpo e diz que sente tesão por si mesma (Foto: Reprodução/Instagram @linndaquebrada)

Linn da Quebrada falou nas redes sociais sobre a cirurgia plástica que realizou em fevereiro deste ano. A cantora e atriz, conhecida pela série ‘Segunda Chamada’ (Globo) celebrou o implante de próteses de silicone nos seios e refletiu sobre a relação com o corpo. Travesti, a artista afirmou que, agora, se sente “livre para não ser homem nem mulher”.

“Amo tanto o meu corpo, sou tão apaixonada pelo meu corpo… Amo essa possibilidade de criar sobre a minha própria existência. O peito nunca foi uma necessidade minha, mas sinto que o peito é um símbolo muito forte. Minha intenção não é, necessariamente, ser mulher. Não tenho a intenção de alcançar essa projeção de ser mulher, de ser lida como mulher”, explica Linn em vídeo.

Leia também

Ela contou que se sentia agredida quando era tratada no masculino. “Me machucava demais estar em alguns espaços e não me sentir segura ou livre para usar o banheiro feminino sem que o momento de ir ao banheiro fosse um momento de tensão. Eu só queria ir ao banheiro”, desabafa. Segundo Linn, “os olhares das pessoas já mudaram” depois da cirurgia plástica.

“Agora me sinto livre para não ser nem homem nem mulher. Se aos meus 30 anos venho me perguntando ‘quem sou eu?’, sinto que agora eu sei quem sou eu. Eu sou travesti e é muito chique quando eu estou pelada. Eu tenho peito, tenho pau… É muito chique o meu corpo”, dispara.

A cantora comemorou o resultado do procedimento e declarou que se sente ainda mais contente consigo mesma. “Sou binária dentro da minha feminilidade. E tenho me achado tão gostosa, tenho sentido tesão por mim. Se antes da cirurgia eu estava vivendo um momento da minha libido estar muito baixa por causa dos meus hormônios, depois da cirurgia me sinto viva e com fogo. Sinto muito desejo por mim. Estou muito feliz. Não é o peito que me fez travesti, mas a travesti que fez o peito”, finaliza.

Confira a publicação:

Veja mais: cantora Tertuliana fala sobre prostituição e transfobia



Fonte