Médica dá orientações para aumentar imunidade durante quarentena

0
72

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Secom-MT

Alimentação saudável e muita hidratação são essenciais para uma boa condição física.

Neste momento, a recomendação do Ministério da Saúde é que aglomerações sejam evitadas. A todos que podem, ficar em casa é uma iniciativa que contribui para que o novo coronavírus não se dissemine com facilidade pelo país. Em Mato Grosso, escolas das redes particular e pública, além de instituições de ensino superior já tiveram suas aulas suspensas, e algumas empresas já liberaram seus funcionários para que atividades sejam cumpridas de casa.

 

Para a Dra. Sofia Bernardo, médica da família, este é um momento importante para que todos reforcem o sistema imunológico, fortalecendo o corpo em caso de exposição ao vírus. Durante a quarentena, é necessário garantir hidratação, uma alimentação saudável e uma quantidade adequada de sono. 

 

Para isso, é preciso tomar pelo menos dois litros de água por dia. A ingestão adequada de água melhora a circulação sanguínea e o funcionamento de todos os órgãos. Quanto à alimentação balanceada, a médica ressalta a importância de ingerir frutas, legumes e verduras, e faz um alerta: “enlatados, embutidos, produtos com conservantes, muito açúcar, álcool, cigarro, frituras e gorduras em geral devem ser evitados”. 

 

Além disso, dietas restritivas só devem ser mantidas em caso de recomendação médica, como é o caso de quem tem intolerância à lactose ou glúten, por exemplo. 

 

Como a recomendação é que academias e lugares públicos não sejam frequentados, o aconselhado é que atividades físicas sejam realizadas em sua própria residência, caso a pessoa não apresente sintomas da COVID-19. “O paciente assintomático deve manter seus exercícios normalmente. O que apresentar sintomas, deve ficar em repouso, principalmente porque um dos sinais da doença é a mialgia, uma dor no corpo”. 

 

Em casa, é preciso seguir todas a medidas que vêm sendo divulgadas. Lavar bem as mãos, usar álcool em gel com frequência e evitar contato físico. Quando apresentar sintomas, o paciente deve manter-se isolado em um quarto, trocar sua própria roupa de cama, não compartilhar objetos e sempre higienizar o banheiro após o uso.



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda