‘O corpo vai mudando’ · Notícias da TV

0
110

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Monique Evans foi às redes desabafar sobre as mudanças que tem percebido em seu corpo, aos 64 anos. A mãe de Bárbara Evans foi modelo de sucesso nos anos 1980 e 1990 e refletiu sobre a idade atual como forma de incentivar as mulheres a aceitarem o envelhecimento natural. “Cada dia noto uma diferença, umas rugas. A pele está diferente e o corpo vai mudando”, disse nesta quinta-feira (7).

Via ferramenta Stories de seu Instagram, Monique relatou para suas seguidoras sobre sua mudança de comportamento em relação à imagem. “Sabe quando eu apareceria com essa cara? Com essa olheira e toda amassada para vocês? Nunca. Então, quer dizer, eu evoluí”, iniciou.

Em seguida, a apresentadora avisou que voltaria à sua programação de malhação e cuidados com o corpo após o período de festas. “Deixei para malhar direito a partir de segunda-feira (11). E a dieta? Eu estou fazendo. Mas, de vez em quando, dou uma escapulida. Não para comer doce, mas como alguma coisa de carboidrato”, admitiu.

“Eu sei que podia estar bem mais magra se tivesse feito a dieta no Natal e Ano-Novo. Mas não fiz. Saí da dieta mesmo e chutei o pau da barraca. Agora sinto vontade de comer doce e como uma frutinha. Estou nessa. Na segunda-feira vou entrar sério no babado [malhação]”, anunciou determinada.

Na quarta-feira (6), a filha de Monique fez uma cirurgia plástica para retirar gordura do braço. A ex-modelo aprovou a decisão da herdeira, mas confidenciou que não pensa em recorrer a intervenções cirúrgicas.

“O que adianta eu começar a fazer um monte de plástica e puxar daqui ou dali? Ontem olhei para o meu braço, punho, pulso e antebraço. Eu estava vendo que mesmo malhando, a pele vai mudando. Ela vai ficando mais de velhinha mesmo. Não posso dizer que é uma pele seca. É uma pele que vai tendo umas ruguinhas da idade mesmo”, observou.

“O que eu posso fazer em relação a isso? Não adianta eu consertar um monte de coisinhas se a pele do corpo está ficando velhinha. Eu tenho que assumir minha idade. Chega uma hora que não tem mais jeito. Temos que encarar a idade que temos e ficar felizes porque a gente não morreu. Eu prefiro ficar velha do que morrer”, declarou.

Monique, então, discursou para suas seguidoras de que envelhecer é um privilégio. “Vamos nessa com alegria. Encarando todas as novidades que vão aparecendo no corpo. É uma coisa muito rápida. A gente tem que, dentro do possível, ir se cuidando. Para ficar não só mais bonita ou menos feia, mas também para ficar mais saudável. Mas sem paranoia.Temos que saber que chega uma hora que não dá mais. Eu vou fazer 65 [anos]. Fala sério! Olha como está perto dos 70”, analisou.

“Quando eu era novinha, eu pensava que uma pessoa de 50 anos era velha. Só que com 50, eu estava no auge do meu corpo. Estava malhando muito, corpo lindo e rosto bonito. Então, não liguei para os 50. Quando vão chegando os 60, vão aparecendo certas coisas”, constatou.

Ao final da gravação, a modelo aconselhou que a velhice é uma etapa e uma experiência a ser valorizada. “Sejam felizes também. Se aceite do jeito que você é porque o que importa é o que está dentro de nós. É o nosso coração, nossa alma. É tudo que vivemos, as coisas boas que fizemos. Ter orgulho do que você foi, do que você está sendo e do que vai ser”, finalizou.

Veja vídeo de Monique Evans no Instagram:



Fonte