Os vegetarianos são doentes, anémicos e chatos? O livro que desmonta todos os mitos

0
141

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Quanto mais se fala sobre alimentação vegetariana, mais são as dúvidas que surgem: “Será este estilo alimentar saudável? Por onde se deve começar? Que alimentos não podem faltar? E que produtos devem ser evitados? Vou estar sempre a comer a mesma coisa?” Foi para responder a questões como estas que a nutricionista Sandra Silva decidiu escrever o livro “O Vegetariano”, uma obra com o mesmo nome do blogue que criou há quatro anos e que é já uma referência no que diz respeito à divulgação de informação sobre vegetarianismo baseada na evidência científica.

São mais de duzentas páginas coloridas, cheias de gráficos, imagens e tabelas para reunir num só espaço toda a informação espalhada pela web. “Senti a necessidade de reunir num local só todas as informações que considero importantes sobre alimentação vegetariana, porque existe muita informação na internet, mas está, de certa forma, dispersa e há sempre mais dicas práticas que estão em falta”, começa por explicar a nutricionista à TSF.

Basta entrar em qualquer livraria do país para encontrar dezenas de livros portugueses sobre vegetarianismo, mas nenhum explica com base na ciência como ter uma alimentação saudável, saborosa e descomplicada. “Os livros que nós encontramos relacionados com a alimentação vegetariana são, essencialmente, livros de receitas, que fazem muita falta, mas depois as pessoas não sabem como é que vão realizar essas receitas no seu dia-a-dia, o que é que vão comer para o pequeno-almoço, para os lanches, nas refeições, que quantidades é que são adequadas, a que alimentos devem dar preferência e que alimentos é que devem evitar”, garante Sandra Silva.

Quem segue a nutricionista nas redes sociais está habituado a encontrar publicações que desmontam mitos, estereótipos e preconceitos sobre o vegetarianismo, um padrão que Sandra Silva transporta para o seu primeiro livro: “Há muito a ideia de que a alimentação vegetariana se baseia em alimentos estranhos, caros, fora da nossa cultura, que é difícil comer no dia-a-dia, que é difícil obter os nutrientes necessários, ter energia, ter uma alimentação saborosa que não contenha carne ou alimentos de origem animal. Mas o livro vem mostrar que não.”

É com uma enorme felicidade que vos apresento O vegetariano! O que precisam de saber: Este livro surgiu da minha vontade de compilar todas as informações importantes sobre alimentação vegetariana num local só. É um livro destinado a quem tem uma alimentação vegetariana, a quem para lá caminha e a quem está interessado em reduzir o consumo de carne ou de alimentos de origem animal. É um livro onde vão encontrar tudo sobre alimentação vegetariana: – se é ou não saudável – quais os benefícios e riscos – por onde começar – como evitar as carências nutricionais (alimentos, suplementos, etc.) – o que comer no dia-a-dia (com exemplos de refeições) – alimentos que não devem faltar lá em casa e alimentos a evitar – um exemplo de dia alimentar completo, totalmente de origem vegetal, e com a sua avaliação nutricional – como ler os rótulos dos alimentos – como aproveitar melhor os alimentos – como ultrapassar as dificuldades mais comuns – as perguntas mais frequentes nas minhas consultas de nutrição – e, por fim, 20 receitas simples e muito saborosas, para que não vos falte nada. Eu a minha editora fizemos o nosso melhor para que este livro contivesse toda a informação importante de uma forma resumida e com uma linguagem pouco técnica, de fácil compreensão. Por isso, não estejam à espera de um livro aborrecido Vão encontrar tabelas, ilustrações e caixas com as definições mais importantes, para que não restem dúvidas. Obrigada à Oficina do livro pelo desafio e obrigada à Gabriela Oliveira, à Vânia Ribeiro, à Filipa Range, ao Nuno Alvim e à Catarina Malheiro pelas críticas ao livro. O livro já está em pré-venda na wook.pt e na leyaonline.com e chega a todas as livrarias e locais habituais a partir de 28 de janeiro. Em breve revelo as datas das apresentações 🙂 Espero que gostem!

Uma publicação partilhada por Nutricionista vegetariana (@ovegetariano.pt) a



Fonte