Suspeito de usar distintivo do Gaeco para invadir e roubar casa no litoral é preso em SP | Santos e Região

    0
    62

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    De acordo com a PM, uma equipe estava em patrulhamento rotineiro pela Avenida 23 de Maio, em São Paulo, por volta das 22h desta terça-feira (9), quando foi acionada via Centro de Operações (Copom), sendo informada que o sistema Detecta havia localizado um veículo com placas iguais às de um dos suspeitos do assalto.

    Segundo a polícia, durante o dia, outras equipes já haviam sido acionadas devido ao reconhecimento do veículo pelo Detecta, em diversos lugares, mas não o haviam localizado até então. Durante a noite, quando os policiais alcançaram o carro, se aproximaram e determinaram que o condutor parasse. Porém, o suspeito acelerou e só parou o veículo quando o apoio da PM chegou, próximo ao Viaduto Santa Generosa. Um outro automóvel que acompanhava o carro do suspeito fugiu.

    Imagens registraram roubo a residência em Santos, SP — Foto: Reprodução

    O crime ocorreu por volta das 9h30 de terça-feira, em uma residência localizada na Rua Liberdade, no bairro Boqueirão. A ação foi registrada por câmeras de segurança. Apesar de mostrar a data de 1º de março, a Polícia Civil confirmou que as imagens são de terça. As vítimas foram dois idosos, de 70 e 65 anos, e um rapaz, de 29. Os criminosos abordaram os moradores vestindo coletes, portando armas e usando distintivos do Gaeco. Um deles levou um mandado de busca e apreensão falso nas mãos, e os criminosos acabaram entrando na casa, cometendo o roubo.

    De acordo com a PM, durante busca pessoal e veicular, nada foi encontrado com o suspeito. Mas, segundo a polícia, ele não respondeu com precisão às perguntas realizadas pelas autoridades, não sabendo explicar de quem era o veículo, para onde estava indo e de onde estava vindo. A Polícia Militar em Santos confirmou aos colegas de trabalho de São Paulo que o carro batia com as características do veículo de um dos criminosos.

    O abordado, porém, negou envolvimento no crime, mas foi conduzido para o 36º DP da Vila Mariana, onde, segundo a polícia, as vítimas o reconheceram com um dos autores. Foram apreendidos o celular dele, o valor de R$ 54 e o veículo. Além disso, foi solicitada perícia, e o rapaz foi preso em flagrante e indiciado.

    À Polícia Civil, o suspeito também afirmou que é inocente, relatou que pegou o carro emprestado de um amigo na segunda-feira (8), para realizar um serviço de marcenaria, e resolveu ficar com o automóvel mais alguns dias. Segundo relatou, estava apenas indo devolver o veículo, quando foi abordado pelos policiais. Disse que, por ter ficado nervoso, não explicou isso aos PMs na abordagem.

    Ele ainda afirmou que estava em Santos – município onde mora – na data do ocorrido, e que ficou na cidade o dia inteiro, realizando trabalho de marcenaria, perto de sua residência. Afirmou, também, que não entrou na residência das vítimas, não as conhece, e não conhece os demais suspeitos. O caso segue sob investigação do 3º Distrito Policial de Santos, área dos fatos.

    VÍDEOS: G1 em 1 Minuto Santos



    Fonte